(91) 99632-1640
(91) 99632-1640

𝐆𝐫𝐚𝐭𝐢𝐝𝐚̃𝐨 𝐩𝐨𝐫 𝐭𝐞𝐫 𝐯𝐨𝐜𝐞̂ 𝐚𝐨 𝐧𝐨𝐬𝐬𝐨 𝐥𝐚𝐝𝐨 ❤️

Através da sua oferta, famílias podem ser supridas, jovens voltam a ter perspectiva de um futuro melhor, crianças têm sonhos realizados, e a mensagem do Reino segue sendo anunciada com poder e sinais!

E os sinais seguiram: os cristãos na pequena congregação na Ilha do Curuçazinho. Deus visitou a Ilha com a salvação de uma moradora e duas crianças receberam o batismo com o Espírito Santo. Ele é o mesmo!

CONQUISTAS 🏆
Vimos a surpreendente provisão de Deus em responder ao clamor de nossos missionários em campo:

•Moto fan / Massaranduba 4.500,00
•Banheiro da Aldeia Macaúba 2.675,00
•Telhado da África: 876,00
•Geladeira de Derrubado : 2.400,00
•Geladeira de Borralhos : 2.600,00
•Kits do Abrigo – 1.650,00
•Grades da Peniel Quilombo Pau furado 4.500

• Uma grande e oportuna porta para a expansão do Evangelho foi aberta entre os ribeirinhos no Arquipélago do Marajó.
Em duas vilas, teremos a oportunidade de fincar, com responsabilidade, as estacas do Evangelho e erguer a bandeira de Cristo! A Vila do Livramento e a Vila do Emílio serão atendidas com alfabetização, reforço escolar, discipulado e alimentação pelo Projeto Campos Brancos. Podemos contar com você para entrar nestas comunidades?

NOSSOS DESAFIOS ⬇️
Vamos precisar construir uma pequena casa para o obreiro morar na vila, duas salas de aula e adquirir uma rabeta com motor para o deslocamento dos missionários que atuarão nessas novas bases missionárias.
Nossos primeiros desafios financeiros são:

Construir a casa missionária na vila: R$ 4.600 reais
Conseguir duas rabetas no valor 1.500 cada: R$ 3.000 reais
Adquirir dois motores completos em torno de 1.300 cada: R$ 2.600 reais

Em cada oferta que você envia, campanha que participa, orações que faz, nós provamos do cuidado de Deus, sendo alvos do seu cuidado com a missão.

• PARA CONTRIBUIR 💌
Banco do Brasil: AG. 2123-7 / CC: 19167-1
PIX/CNPJ: 18.368.691/0001-46

Bradesco: (237) AG. 0697-1 / CC: 0523164-7
PIX/CPF: 625.397.282-00
Kelem Rodrigues Gaspar

Projeto Campos Brancos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *